Sobre o autor

WebFarol

WebFarol

Quer contactar este autor? | Website: http://webfarol.com
Criado em quinta-feira, 26 maio 2016 21:23
( 0 Votes ) 
12609 Visualizações Categoria: Instituição Número de comentários: Escrito por WebFarol

Quando em 1979, no extinto jornal "O Nespereirense" por si dirigido, o Pe. Justino Lopes levantava a questão da necessidade de um lar de idosos em Nespereira, poucos ousariam pensar nisso como uma possibilidade real.

Poucos mas alguns, como por exemplo o saudoso Alfredo Monteiro Valente que ao longo dos anos foi juntamente com o referido pároco, lançando sementes de motivação na opinião pública.

Tentando facilitar a questão na parte burocrática e cumprir o sonho, Armando Sousa Soares equacionou a hipótese de ser a Santa Casa da Misericórdia de Cinfães a promover o pretendido Lar de Nespereira.

Contudo, na primeira metade dos anos 90, Ricardo Lima Teles profissionalmente ligado à Segurança Social, lança mãos à obra e em 23 de maio de 1995, funda juntamente com outros 15 elementos, a Associação de Solidariedade Social e Recreativa de Nespereira, para a qual obtêm o estatuto de IPSS (Instituição Particular de Solidariedade Social), vindo a ser também o primeiro presidente da Direção, no triénio 1996/1999, um mandato sobretudo dedicado a questões burocráticas.

É nesta altura associado o primeiro logotipo, bastante simples mas ao mesmo tempo carregado de significado, com duas mãos que se unem, em sinal de solidariedade e cooperação, palavras-chave na ação da associação.

No triénio seguinte, já sob presidência de Alfredo Soares Valente, utilizando e remodelando instalações da paróquia em S.Brás, tem início a aceitação de utentes para o Serviço de Apoio Domiciliário, sendo o primeiro deles José da Silva Gonçalves, conhecido como o “Zé do Meio Quilo”.

É também neste período que a Enf.ª Fátima Sousa cria a primeira equipa de voluntariado, com 20 elementos, que aos finais de semana alternadamente passaram a proceder à entrega das refeições.

Alfredo Soares Valente, presidiria ainda durante novo mandato, num período em que começou a ser executado o projeto de construção do Lar a edificar na Quinta do Tojal, oferecida pelo benemérito e presidente da Assembleia Geral desde a primeira hora, Armando de Sousa Soares, ao passo que a associação ia crescendo, sobretudo a nível dos recursos humanos.

Em 2005, assume a presidência Bernardo Oliveira, num curto trajeto que abandonaria meses depois, sendo substituído pela então vice-presidente, Enf.ª Fátima Sousa.

Tem início uma redefinição estrutural, visando alargar o âmbito da ação social da associação, bem como o território a intervir.

Em 2007 a instituição recebe a Equipa RSI (Rendimento Social de Inserção), num apoio alargado a 4 freguesias (Nespereira, Travanca, Moimenta e Fornelos) e cria a Empresa de Inserção que desenvolve uma política de integração de desempregados no ramo agrícola.

No final desse ano, a associação abandona o projeto de construção existente, que por questões técnicas não reuniu os necessários requisitos para aprovação, e candidata novo projeto, já contemplando uma creche também, que viria a ser aprovado no programa Pares II, e cujo protocolo foi assinado em 29 de março de 2008.

Fruto desta dinâmica e de uma nova realidade, é lançado também o concurso de ideias para a criação de um novo logotipo, hoje em utilização, significando humanos dando as mãos num círculo sobre Nespereira e sobre a Associação. A escolha de três exprime o significado do próprio número: fé, esperança e solidariedade.

Em 20 de março de 2009, um dia memorável, com a assinatura do Auto de Consignação do Complexo Social Armando Soares e o início imediato das obras.

No mês de maio de 2009 a associação recebe um novo projecto, pioneiro no concelho, o Contrato Local de Desenvolvimento Social que procura combater a pobreza e a exclusão social no Concelho de Cinfães, através do recurso a parcerias, um projeto que se manteve no ciclo previsto até 2012.

Em finais de 2012 a abertura de portas do Complexo Social, foi a realização de um sonho, que ganhou contornos oficiais em 13 de setembro de 2013, com a inauguração formal.

2014 começa com uma alteração nos corpos sociais, de onde resulta que à frente dos destinos da associação, passe a estar um habitual colaborador da associação, Cláudio Oliveira, que apostou essencialmente no ajustamento, formação e qualificação dos recursos humanos, bem como na disponibilização de novos serviços aos utentes, sobretudo na área clínica.

A aposta efectiva na Creche e no Apoio Domiciliário, bem como a continuidade da política na Estrutura Residencial (Lar), fazem com que hoje todas as valências tenham patamares de ocupação total ou próxima disso.

Da Segurança Social, a confiança e o alargamento do protocolo do RSI a 10 das 14 freguesias do Concelho e do IEFP a autorização para alargar as áreas de atividade da Empresa de Inserção, esta última entretanto finda enquanto programa financiado.

No final de 2015, mais um projecto atribuído pela Segurança Social, o SAAS (Serviço de atendimento e acompanhamento social) do Concelho de Cinfães, no âmbito da RLIS (Rede Local de Intervenção Social).

Nos últimos anos, o incremento de algumas parcerias, tem também procurado proporcionar mais e melhores condições a utentes e associados da instituição.

O final de 2016 trouxe mais uma excelente novidade e a concretização de um sonho dos atuais dirigentes da instituição, a passagem ao terreno do projeto ReViver, uma equipa cuja ação incide na área das demências, no diagnóstico e intervenção social.

Este projeto mereceu da parte do Município, a celebração de um protocolo, garantindo assim uma intervenção de âmbito municipal.

Se 2016 terminou bem, 2017 e o novo mandato liderado por Cláudio Oliveira, começou de uma forma totalmente inesperada com o anúncio do Presidente da República,Marcelo Rebelo de Sousa, de um donativo que entendeu fazer de parte do excedente da sua campanha eleitoral.

Mais que o valor pecuniário, este gesto deu à instituição uma visibilidade que mostrou ao país o excelente trabalho desenvolvido e que fez por isso mesmo, com que fosse a ASSR Nespereira, a escolha do Presidente, para esse donativo.

Depois de uma primeira receção à Direção da instituição, feita em Lisboa a 5 de março de 2017, o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, visitou a instituição a 8 de maio desse ano, assinalando assim um momento ímpar e inolvidável na história da ASSR Nespereira.

O primeiro logótipo da Associação surgiu da escolha efetuada pela direção e o grupo de voluntariado em 1999, representando o aperto de duas mãos, foi alterado para o atual através de um concurso de ideias, o trabalho vencedor foi do Dr. Pedro Semblano, tendo por base os seguintes critérios: a escolha do tipo de letra recaiu no Tw Cen MT Condensed Extra bold pela harmonia e pouca vulgaridade.

Nespereira o local da fundação e sede assume a cor verde, cor da freguesia e que simboliza acima de tudo o vigor e a esperança. Associação de solidariedade social e recreativa, como parte de Nespereira e terras vizinhas assumiu o castanho que personaliza a cor da terra, a maturidade e a responsabilidade.

Os três elementos figurados personificando seres humanos dando as mãos num círculo sobre Nespereira e sobre a Associação. A escolha de três exprime o próprio significado do número: fé, esperança e solidariedade, sendo que as três figuras envoltas no nome personificam a infância, a juventude e a terceira idade (alvos da associação).

As cores das figuras: Vermelho – personifica o sentimento; Verde – personifica o vigor, juventude e esperança; Azul – personifica o céu, o espírito e o horizonte. A alteração do logótipo foi aprovada em reunião de Assembleia Geral a 25 de outubro de 2008.

Logótipo

Criado em sexta-feira, 01 abril 2016 21:42
( 0 Votes ) 
1311 Visualizações Categoria: Notícias Número de comentários: Escrito por WebFarol

Qualidade...não é para nós palavra vã. Aliás, não é para nós uma mera palavra.

A ASSRN prima pela qualidade nas suas instalações, nos seus equipamentos, mas sobretudo nos serviços prestados.

A melhor e maior das certificações é sem sombra de dúvida aquela que resulta da opinião de clientes, fornecedores, parceiros institucionais e claro dos colaboradores.

Ainda assim e para aferir dessa realidade em termos formais e legais, a nossa instituição encontra-se desde janeiro deste ano, a implementar um sistema de gestão da qualidade, a cargo da empresa Qual In.

Criado em sexta-feira, 01 abril 2016 21:35
( 1 Vote ) 
1564 Visualizações Categoria: Notícias Número de comentários: Escrito por WebFarol

O sonho de uma Europa Social que constitui o projeto inicial da União Europeia encontra-se seriamente em risco. Este e muitos outros acontecimentos recentes levam-nos a questionar até que ponto se caminha para a erradicação da pobreza e da exclusão social. Ou se, pelo contrário, caminhamos para o seu agravamento, sobretudo, para o aumento da disparidade na distribuição do rendimento entre países e pessoas.

Neste 17 de outubro, data assinalada pela ONU desde 1987, a EAPN Portugal, apela, neste Dia Internacional para a Erradicação da Pobreza, para a urgência de travar este flagelo a nível europeu e mundial. A crise humanitária que vivemos, na sequência de guerras e conflitos, tendo como consequência mais visível uma enorme vaga de refugiados, e a incerteza na tomada de decisão por parte dos líderes europeus face a este fenómeno, as consequentes manifestações xenófobas a que vamos assistindo um pouco por toda a Europa, questionando a indispensável solidariedade no seio da União Europeia, levam-nos a temer um futuro de forte instabilidade e desesperança.

Consideramos que a pobreza não é um problema de escassez de recursos. Se evitarmos a ganância e o desperdício e partilharmos o que temos de forma equitativa e sustentável, através de uma distribuição mais justa, é possível erradicar a pobreza! Não se trata de utopia, trata-se de encarar o problema de uma outra forma, focando a atenção na estabilidade económica e social ao nível global, numa lógica de desenvolvimento sustentável.

Isto mesmo voltou a ser reafirmado pelas Nações Unidas: A luta contra a Pobreza permanece um dos principais Objectivos do Milénio e no desenvolvimento da Agenda Pós-2015 declara-se a necessidade de acabar com a Pobreza em todas as suas formas e em todos os países, até 2030.

Se olharmos apenas para os números, sabendo que é preciso ir muito para além deles, ficaremos assustados com as crianças que, em Portugal, se encontram em risco de pobreza e ou exclusão social; e ficamos igualmente assustados com os números da emigração e com os números do desemprego jovem. Estamos a falar das novas gerações, daquelas que irão escrever o futuro de Portugal. E estas novas gerações não têm uma herança muito promissora, não vislumbram oportunidades no nosso país e não se encontram confiantes para encarar os múltiplos desafios que se avizinham.

E quando nos voltamos para a população idosa do nosso país, voltamos a temer o pior. O índice de envelhecimento da população é elevadíssimo e com projeções de longo prazo muito pouco animadoras. Quanto aos adultos em idade ativa, observamos que se mantém elevadas taxas de desemprego jovem e desemprego de longa duração e, acima de tudo, verificamos que o número de trabalhadores pobres é surpreendentemente alto e não está necessariamente relacionado com o fenómeno da crise - sempre assim foi. Em Portugal, a mão-de-obra é mal paga e o emprego precário predomina levando ao aumento das desigualdades, afetando em primeira instância as mulheres.

Este é o retrato breve do país real! E no dia em que se assinala a erradicação da pobreza urge um alerta! Neste dia e em todos os outros, levantamos incansavelmente a voz! Porque é esta a nossa missão: fazermos tudo para conduzir à mudança!

“Mas só há verdadeira mudança quando esta acontece no coração e na mente de cada um. Só Deus nos conduz à liberdade plena”, sublinha, o presidente da EAPN Portugal, Padre Jardim Moreira.

Insistimos: É crucial que Portugal defina uma estratégia nacional para a erradicação da Pobreza. Contamos com todos os portugueses e, especialmente, com aqueles que experienciam a pobreza todos os dias e que chamamos a nós para que se façam ouvir. Não para impressionar mas para despertar a consciência coletiva, particularmente a política que não pode, de forma nenhuma, alegar desconhecimento para a falta de ação.

Neste dia, reforçamos a urgência de definir e implementar uma estratégia nacional para erradicar a pobreza e a exclusão social.

Nós mantemos a determinação! Que a vontade política se torne instrumento eficaz e eficiente. Em nome de um país; em nome dos europeus que ainda sonham e dos que gostariam de voltar a sonhar.

Criado em sexta-feira, 01 abril 2016 21:03
( 0 Votes ) 
1203 Visualizações Categoria: Notícias Número de comentários: Escrito por WebFarol

Depois da primeira experiência no Verão passado, e de ter depois feito programas de Natal e Páscoa, a Associação de Solidariedade Social e Recreativa de Nespereira vai levar a cabo, o OTL Férias de Verão, entre os dias 14 de julho e 14 de agosto, excetuando os finais de semana, no período entre as 9h e as 17h. As inscrições estão abertas até dia 9 de julho, para crianças entre os 3 e os 8 anos de idade.

Criado em sexta-feira, 01 abril 2016 20:56
( 0 Votes ) 
1169 Visualizações Categoria: Notícias Número de comentários: Escrito por WebFarol

Tempo de olhar para trás, fazer o balanço possível de 20 anos - sim 20 anos -, tantos quantos completa a ASSRN.

Embora bastante jovem então, lembro com razoável memória a primeira reunião, no Salão Nobre da Junta de Freguesia e o brilho nos olhos daquelas mulheres e homens que ali davam conta do nascimento da associação, depois de longo processo burocrático.

Em todo este período de duas décadas, foram-se sucedendo acontecimentos que são verdadeiros marcos históricos.

Em 1999, o início da actividade propriamente dita, com o Serviço de Apoio Domiciliário, mas também com a criação do grupo de voluntariado. Na época, enquanto co-responsável de um jornal local – Gazeta Nespereirense – fiz a cobertura noticiosa do acontecimento.

Em 2008, então na qualidade de Deputado Municipal tive oportunidade de estar presente na assinatura do protocolo para a construção do complexo social.

Pouco depois, com as obras no terreno, a arte e o engenho de todos foi necessária para angariação de verbas e divulgação do projecto. Motivado pela energia contagiante dos responsáveis, disse presente e colaborei, criando algumas iniciativas, participando noutras, dentro e fora de portas, quer no que diz respeito à freguesia, quer ao próprio país.

Em 2013, na inauguração oficial do Complexo Social Armando Soares, estive uma vez mais presente como autarca, mas também com o grato prazer e acrescida honra de ter sido o responsável – a convite da direcção - pelo pequeno livro oferecido aos presentes.

Em 2014, iniciei nova etapa, desta vez num registo de efectiva integração, ao assumir a liderança da instituição.

E eis-me de volta ao início deste pequeno texto, com vontade de não deixar esquecer aquelas e aqueles que ao longo destes anos deram o melhor de si - desde directores a colaboradores, utentes, sócios, parceiros institucionais, mas também toda uma comunidade que soube sempre dizer presente - mesmo que nalguns casos o faça num misto de gratidão e saudade.

Eis-me como disse, em 2015, a dar por mim no final destas linhas com a noção de que afinal, estive sempre muito mais próximo da ASSRN, do que eu próprio considerava.

Como eu, muitos de vós!

>Bem-haja.

Criado em sexta-feira, 01 abril 2016 20:53
( 0 Votes ) 
1201 Visualizações Categoria: Notícias Número de comentários: Escrito por WebFarol

A Associação de Solidariedade Social e Recreativa de Nespereira, prepara-se para assinalar com especial destaque a época alusiva ao santo padroeiro do Concelho – S.João!

Numa iniciativa que promove e para a qual convidou à participação de todas as IPSS do concelho de Cinfães, a ASSRN vai ter nas suas instalações, entre os dias 20 e 29 de junho, uma exposição de trabalhos livres subordinada ao tema “Manjericos e quadras de S. João são uma boa combinação”.

Para além da oportunidade da época, é mais uma forma de cimentar e fortalecer laços de socialização entre as instituições.

Para além desta iniciativa, internamente a ASSRN está a preparar com os seus utentes das uma Marcha Sanjoanina, para apresentar no dia 23 de junho, onde a própria roupa é trabalhada por eles também.

Esta iniciativa será aberta à comunidade.

Criado em sexta-feira, 01 abril 2016 18:26
( 0 Votes ) 
1244 Visualizações Categoria: Notícias Número de comentários: Escrito por WebFarol

O programa iniciou com a celebração de uma missa de agradecimento e evocação de dirigentes, utentes e sócios já falecidos, no Pátio das Laranjeiras (Complexo Social Armando Soares), seguida de um almoço de aniversário aberto à comunidade que pôde associar-se a este dia tão especial na vida da associação.

Pelo meio uma singela homenagem aos fundadores, e a bênção da nova viatura elétrica da instituição, para o serviço de apoio domiciliário.

Ponto alto destas comemorações foi a Gala Noite de Sol que decorreu no Parque de Lazer Nossa Senhora de Lurdes, em Santa Marinha. Uma gala com muita música, teatro, humor e emoção onde foram retratados os 20 anos desta instituição.

Mais do que as palavras, ficam as imagens.

Criado em domingo, 10 agosto 2014 01:40
( 0 Votes ) 
10379 Visualizações Categoria: Instituição Número de comentários: Escrito por WebFarol

Caros sócios e amigos da ASSRN,
Está quase aí, o ano de 2020.

O ano em que esta nossa/vossa associação, completa as suas bodas de prata – a 23 de maio!
Ao longo destes 25 anos, todos juntos, lutamos por uma causa comum, nas suas diferentes fases - o nascimento, a implementação e o contínuo crescimento, da Associação de Solidariedade Social e Recreativa de Nespereira - Cinfães.
É graças ao empenho de todos, dos ontem e dos de hoje, daqueles que ainda presenciam e daqueles que já partiram, da nossa comunidade, que, esta associação, é hoje reconhecida, dentro e fora de portas, modelo para muitas outras – um orgulho, tão indisfarçável, como justificado.
O caminho não é fácil, quem o percorre lado a lado connosco, sabe e sente isso mesmo, mas sabe e sente também, que diariamente damos o melhor de nós, de forma abnegada, conscientes que, como em tudo na vida, as opções são sempre discutíveis e o seu resultado, não é garantido, antes de acontecer! Tem, felizmente, acontecido.
A equipa que, tenho hoje, a honra de liderar, procura gerir o presente, honrando compromissos, respeitando e reconhecendo o passado, com os olhos postos no futuro!
Temos abraçado tarefas e desafios, que poderíamos dispensar, fazendo o mínimo que se impõe, porventura, com menos trabalho e sobressaltos, mas essa não é natureza de uma IPSS, não é pelo menos a natureza desta nossa IPSS, que, pedindo aos outros, responsabilidade social para além da sua atividade, não se pode eximir da sua própria responsabilidade social, para além do conteúdo funcional típico.
Uma palavra que se impõe, aos nossos colaboradores, técnicos e auxiliares, uma equipa, de um modo geral, fantástica, que põe diariamente no seu trabalho, a alma e o carinho, de quem está a trabalhar para os seus mais próximos, que nos permite ousar, abraçar, as tais tarefas e desafios.
Também os nossos voluntários, que recentemente assinalaram o seu 20.º aniversário, dão um importante e inestimável contributo ao quotidiano da associação.
“Externamente”, as parcerias institucionais e comerciais que desenvolvemos, para além do conforto logístico que permitem, conferem o conforto próprio de quem, como nós, vê nessas parcerias, o reconhecimento e a confiança que em nós depositam. Aqui cabem os nossos fornecedores, prestadores de serviços e empresas mecenas, as entidades públicas como o IEFP e a Segurança Social, mas cabem sobretudo os diferentes agentes da rede social do Município de Cinfães (IPSS’s, Autarquias, etc.), com a Câmara Municipal em destaque, pelos diversos protocolos e parcerias, mas de forma muito especial, pela confiança e apoio depositados, no projeto ReViver, intervenção na área das demências.
Por último, fazendo jus ao ditado que diz, que, os últimos são os primeiros, para nós, são mesmo…os nossos utentes!
É por cada um deles, da infância à terceira idade, que o trabalho de toda uma vasta equipa, acontece. É a sua satisfação que nos realiza, é o seu bem-estar, que nos conforta, é a sua fé em cada novo dia, que nos faz acreditar no caminho.
Que este tempo de Natal, os valores e os sentimentos que exorta, se propaguem, a cada dia, todos os dias.
Que o ano de 2020, seja mais um, a ficar na história da ASSRN, que é também a nossa história, a história de uma comunidade ímpar!

Boas Festas!

António Cláudio Oliveira

[António Cláudio Oliveira]

Presidente da Direção

Criado em domingo, 10 agosto 2014 01:40
( 0 Votes ) 
8538 Visualizações Categoria: Instituição Número de comentários: Escrito por WebFarol

2018!

Um ano de expectativas sempre reforçadas, pela inquietude de quem deseja fazer mais e melhor a cada dia, como é o caso de profissionais e voluntários da Associação de Solidariedade Social e Recreativa de Nespereira.
Os patamares de exigência crescem a cada reconhecimento que nos é feito, a cada depósito de confiança que nos é concedido.
O ano que terminou, consolidou mais ainda as parcerias institucionais que mantemos com diversas entidades.
O protocolo com a Câmara Municipal de Cinfães, que permitiu o início do projeto ReViver, trouxe ao Município o princípio de respostas que se procuram na área das demências, mas trouxe-nos enquanto instituição a certeza de que os olhos estão postos em nós e por isso, como em todos os projetos que abraçamos, não queremos e não vamos defraudar. 2018 confirmará isso mesmo.
A nossa ação, a transparência e o rigor sempre demonstrados, captaram também novas parcerias comerciais, estreitando mais ainda as já existentes.
No entanto, por razões óbvias, o destaque que transportamos de 2017 e que orgulhosamente carregamos nos ombros, para este ano e os seguintes, é o reconhecimento que foi feito por Sua Excelência, o senhor Presidente da República, Prof. Marcelo Rebelo de Sousa, primeiro com a distinção e oferta que atribuiu, depois pela visita que nos fez, nesse inesquecível 8 de maio.
Queremos, saberemos e vamos ser dignos portadores de tudo quanto de positivo de nós esperam.
Fá-lo-emos sempre certos do carinho, da colaboração e do apoio de cada um de vós.

Bom ano!

António Cláudio Oliveira

[António Cláudio Oliveira]

Presidente da Direção